9 alimentos falsamente saudáveis ou que você deveria consumir com mais cuidado - Reeducação Alimentar Para Vida

9 alimentos falsamente saudáveis ou que você deveria consumir com mais cuidado





Na tentativa de adotar bons hábitos alimentares para melhorar a saúde e turbinar a perda de peso você pode acabar sendo enganado pelas diversas opções supostamente saudáveis que encontra no mercado. Para evitar erros comuns na dieta, conheça uma lista de alimentos que muita gente acha que são saudáveis, mas na verdade podem prejudicar o corpo, ou então aqueles que realmente fazem bem, mas não dá para comer aos montes.

Comidas de dieta que pedem atenção

1. Alimentos diet ou light podem parecer ótimas opções para quem pretende emagrecer, mas saiba que é muito fácil ser enganado pelos fabricantes. Os produtos do gênero normalmente trocam o açúcar tradicional por aspartame e, consequentemente, aumenta a quantidade de sódio na composição, que, em excesso, causa inchaço e eleva a pressão arterial.
2. Comer salada diariamente ajuda na dieta, mas se você tempera o prato com molhos prontos encontrados em supermercados até mesmo com título de “caseiros”, pode estar prejudicando a dieta e a saúde. As opções industrializadas são ricas em açúcar e conservantes que comprometem toda a refeição.
3. Água é essencial para o bom funcionamento do organismo e para o emagrecimento, mas cuidado com as versões diferenciadas encontradas no mercado. As opções aromatizadas o com sabor podem parecer inofensivas, mas geralmente contêm aditivos e adoçantes que atrapalham a perda de peso.4. Sempre associadas a esportistas e pessoas que suam a camisa na academia, bebidas isotônicas são falsamente saudáveis e só devem ser consumidas por quem se exercita de maneira muito intensa. Elas são ricas em açúcar e devem ser substituídas por água, chá verde ou água de coco para repor o líquido perdido.
Publicidade
5. Durante anos as barrinhas de cereais foram consideradas aliadas da dieta e lanchinho prático para quem quer perder peso. Porém, as versões industrializadas podem ser tão calóricas quanto uma barra de chocolate. Prestar atenção ao rótulo é fundamental para não ser enganado.


6. Oleaginosas, como castanhas, nozes e avelã, por exemplo, são saudáveis de verdade, além de boas fontes de fibras que ajudam na dieta. No entanto, por serem extremamente calóricas, devem ser consumidas com muita moderação, em uma quantidade diária de, no máximo, 25 gramas.7. Granola é rica em fibras, garantem saciedade, mas também contém açúcar. Ela pode ser boa escolha para o café da manhã, mas não deve ultrapassar a quantidade de 25 gramas diárias.
8. Chia é boa fonte de proteína, ômega-3, ácidos graxos e fibras. Mas apesar de promover saciedade, deve ser evitada por pessoas com histórico de disfagia ou restrições do esôfago.
9. Smoothies e sucos podem até ser saudáveis, mas também ricos em açúcar. O mais indicado é comer a fruta inteira para se beneficiar de todos os nutrientes dos alimentos, como as fibras.
Fonte: vix 


loading...